30 de julho de 2016

ESMALTES NUDE

Se tem uma coisa que eu adoro nesse universo feminino são as cores e as possibilidades e hoje a postagem é sobre dicas de esmaltes!



Vamos falar sobre o tom nude, significa aquele tom mais aproximado da pele, seja mais claro ou escura, sugerindo um aspecto de nudez. Dessa forma ele não é representado apenas por uma cor e sim vários tons e combinações possíveis.

É uma cor consagrada como clássica, está presente em todas as estações do ano permanecendo firme forte ao longo dos anos. Falar sobre essa tonalidade de cor para mim é muito fácil pois a amo de paixão! É chique e ao mesmo tempo básico, é elegante e ao mesmo tempo simples. Tem uma lista imensa de possibilidades!
De olho nessa tendência, hoje as marcas oferecem uma variedade imensa de produtos com esses tons, sejam esmaltes, roupas, maquiagens, acessórios... Porém hoje o foco são os nossos queridinhos esmaltes e eu preparei quatro dos meus preferidos para mostrar.



AVON / Amêndoa real 


Da linha 5 em 1, Fortalece / Protege / Alta cobertura / Máximo brilho / Pincel de fácil aplicação.
É um esmalte cremoso (meus preferidos), tem um leve toque de dourado e é simplesmente lindo, a cor é bem pigmentada e a cobertura é realmente ótima. O valor é um pouco salgadinho rs, na época que eu queria comprar estava R$ 16,99 vidro com 12ml, porém esse foi presentinho da minha irmã!







Risqué / Ouro nude

Essa cor tem uns brilhinhos bem discretos, mas que fazem toda a diferença, destacando a parte do “ouro” que vai no nome. O bacana é que depois que a Risqué mudou os pincéis – ficaram mais achatadinhos, a aplicação ficou muito melhor. A cobertura também é boa, passo sempre duas camadas e seca bem rápido o que é uma super vantagem dos esmaltes da marca. Aplicado, a cor fica exatamente como na foto abaixo...






Risqué / Cinza incerto

Ah esse com certeza é o meu preferido! É o mais diferente, com um tom levemente acinzentado, um pouco metálico, também tem uns micro brilhos divinos, enfim com certeza faz jus ao nome “cinza incerto” é lindo!
Como os demais, aplico sempre duas camadas e a durabilidade está aprovadíssima. O resultado são essas unhas lindas.



Anita / Viena Perolado

Esse é o que mais se aproxima do tom da minha pele, de textura cremosa é uma cor bem clássica mesmo. Deixa as mãos delicadas, com aquele ar de elegância que citei acima sabe? O legal dessa linha é que ela possui VIT NAIL na fórmula - vitaminas que fortalecem as unhas. O esmalte é FREE de três das substâncias que mais causam alergia: o DBP, tolueno e formaldeído. O valor dele também é um pouco mais caro, paguei na época R$ 6,00 mas da última vez que vi na casa de cosméticos estava mais caro...










E essa foi a dica/resenha de unhas de hoje! Espero muito que tenham gostado, beijos e até a próxima!!!



27 de julho de 2016

RESENHA DO LIVRO “A ROSA MA MEIA NOITE” DE LUCINDA RILEY

  e arquivado em    

Olá! Já faz um tempinho que terminei e estava em dívida com a resenha aqui no blog e hoje trago o resumo de um dos livros mais lindos que já li na vida.



Com 574 páginas de muita emoção, o livro me prendeu de uma forma que enquanto não cheguei ao final para saber o que tinha acontecido com os personagens simplesmente não consegui parar. A narrativa da autora é impecável, um romance histórico digno de um best seller. Sabe aquele vazio que sentimos quando terminamos um livro muito bom e queremos mais? Foi exatamente assim que fiquei ao terminar rs.

A história atravessa quatro gerações, passa pelos anos de 1911 até a atualidade em 2011, inicia com a grande protagonista Anahita Chavan completando 100 anos de idade. Toda família está reunida para a comemoração e nessa data ela confia ao seu neto Ari Malik seu tesouro mais importante, sua história de vida em forma de cartas. As cartas que ela havia escrito a muito tempo, com a esperança de poder entrega-las a seu filho perdido, contando toda história do que aconteceu de verdade, mas que nunca teve a oportunidade de entrega-las.

Ela pede que Ari as leia e busque investigar os fatos ocorridos.

Porém Ari não dá bola para sua bisavó, pois ela acredita que seu filho perdido ainda vive mesmo diante das provas de que ele havia morrido a muito tempo atrás. Anahita tem o dom herdado de sua mãe de sentir quando algum ente querido parte dessa vida, e até então no seu íntimo ela tinha certeza que seu filho ainda estava vivo.

Ari por sua vez é um empresário bem-sucedido, nunca tem tempo para nada e como eu disse não liga para o pedido dela. Mesmo depois do falecimento da bisavó, continua vivendo para o trabalho sem pensar na família, até que um acontecimento faz com que ele desperte para realidade. Desmotivado e arrasado emocionalmente, parte rumo a Inglaterra com intuito de se encontrar, investigar o passado e leva consigo as cartas deixadas pela bisavó e é quando ele inicia a leitura e descobre a história fascinante e triste de Anahita.

Em paralelo, na Inglaterra, a atriz americana Rebeca que saiu fugida de seu namorado problemático inicia as filmagens de um filme de época no Astbury Hall, uma mansão que mesmo decadente ainda preserva os resquícios do esplendor do passado, com muitos mistérios e segredos. Lá conhece o Lorde Anthony Astbury que gentilmente a deixa se hospedar na mansão. Mal ela sabia que sua estadia iria trazer a toma muitos sentimentos esquecidos a tempos, e que teria um importante papel para ajudar Ari com sua busca.

Quando Ari inicia sua leitura das cartas da bisavó, somos transportados para Índia nos anos de 1911, quando a jornada de Anahita começa. São ricos os detalhes, as descrições dos palácios, roupas, as rainhas, marajás, toda a cultura, os momentos emocionantes de alegria e tristeza...Realmente parece que estamos vivendo lá, ao lado dela o tempo todo. Acho que esse foi um dos pontos que me fez amar tanto esse livro, realmente gosto muito de romances que mostram outros países e culturas.

É nesse início entre sua infância e adolescência, que ela conhece sua companheira, amiga, irmã: a princesa Indira e sua vida muda a partir daí, digamos que é graças a essa amizade que o destino dela é escrito.

E a história segue sempre fazendo um paralelo entre o passado e o presente, até que todos os quebra-cabeças vão se encaixando e os mistérios são desvendados. A autora não deixa nenhuma ponta solta, tudo muito bem colocado.
Os personagens são extremamente fortes e marcantes... A vilã então... A odiei com todas as minhas forças rs. E a vontade de conhecer Astbury Hall? Fiz até uma pesquisa para saber se o lugar existia!

Eu indico esse livro demais. A emoção está presente em cada página, se você gosta de ler deve se jogar nesse romance envolvente, não tem como não se apaixonar.


Beijos e até a próxima resenha!



25 de julho de 2016

COMO FAZER UMA HIDRONUTRIÇÃO

A hidronutrição nada mais é do que uma reposição de água (hidro) + reposição de óleos (nutrição).




É uma técnica que está sendo bastante usada atualmente, os resultados são muito satisfatórios afinal unimos duas etapas do cronograma em uma só.

Se ainda não conhece sobre o cronograma capilar acesse: http://www.acheierabisquei.com.br/2015/11/cronograma-capilar-o-que-e-como-funciona.html 

O resultado dessa junção são fios hidratados e revitalizados!

QUANDO DEVO FAZER A HIDRONUTRIÇÃO?

Agora que você já conhece bem sobre o cronograma capilar, a resposta é simples, você pode unir uma hidratação da semana com a nutrição e fazer em apenas um processo. É ideal para quem tem pouco tempo e uma rotina agitada, afinal economizamos tempo.

Agora, se você não segue o cronograma, a indicação é que seja feita quando você identificar que o cabelo está armado, ressecado, com muito frizz, sem brilho e sem vida.

COMO FAZER?

Eu preparei uma receitinha que testei em meus cabelos que deu super certo.

Vamos precisar dos seguintes produtos:

- Uma tampa de bepantol líquido (pode ser substituído por uma ampola de hidratação)
- Uma colher de óleo vegetal de sua preferência – Eu utilizei óleo de cocô + óleo de aloe vera
- Uma colher de máscara de hidratação da sua preferência
- Uma colher de mel



Misture bem todos os ingredientes e a consistência ficará assim:



A aplicação é muito simples!  
Após lavar os cabelos com um shampoo transparente para deixar ele bem limpo, aplicar mecha por mecha sempre enluvando e massageando bem.

Vamos deixar agir por 30 minutos e enxaguar com água sempre de morna a fria. É muito importante lembrar que por mais que você faça o cronograma, use bons produtos, siga tudo bem certinho, se usar água quente estará perdendo praticamente todo trabalho anterior.

O resultado é um cabelo com muito brilho e hidratado, já na hora de enxaguar dá para notar o efeito hidratante. Eu com certeza recomendo a hidronutrição a todos os cabelos!



E por hoje é isso, te espero no próximo post!






23 de julho de 2016

ÁGUA QUENTE NO BANHO FAZ MAL PARA OS CABELOS?

Olá pessoal, hoje voltamos com tema sobre cuidados com os cabelos.




Estamos no inverno, sei que esse assunto já foi muito comentado, porém vim trazer minha própria experiência.

Muitos já sabem que no momento da higienização dos cabelos não podemos usar água quente, algumas pessoas gostam da água arrancando o couro (tipo eu) haha. Porém essa é uma prática muito agressiva aos para os nossos fios, sendo um erro que insistimos em cometer.

O calor da água faz com que a fibra capilar fique inchada, deixa as cutículas dilatadas fazendo com que o cabelo até embarace mais, além é claro de ressecá-los. Também causa a desregulação da camada hidrolipídica (barreira externa da nossa pele com a função de protegê-la) e com isso aumentando a oleosidade.

Deixa os cabelos opacos, ásperos, sem brilho...E para as loirinhas tem mais um porém, ainda  faz com que nosso cabelo amarele bastante!

Sofri isso na pele!



A foto do “antes” foi um pouco antes de iniciar o inverno, e a do “depois” eu tirei a uns 15 dias atrás. Lembrando que continuei fazendo o mesmo cronograma, apenas com a diferença que eu estava usando água quente para lavar e enxaguar.
Relaxei e olha no que deu... Meu cabelo ficou todo ressecado!

O ideal é iniciar a lavagem com água morna, assim com a fibra capilar levemente dilatada, aplica-se a máscara e deixa agindo enquanto fazemos o “ritual” do banho e para o enxágue usar água fria.

Mas como faz com esse fio? 

Fora que sabemos que após um dia longo e estressante dia de trabalho, um banho quente é a melhor opção para relaxar.


Minha dica hoje e inclusive é o que eu venho fazendo, é de lavar o cabelo separado. Primeiro eu lavo somente os cabelos com o chuveirinho agachada no box na água de morna a fria, aplico os produtos, deixo agindo e apenas depois tomo meu banho com a água na temperatura que eu gosto. Apesar de doer as vezes um pouco o pescoço rs essa foi a melhor alternativa que encontrei, porque convenhamos né... Tomar banho gelado no inverno não dá! Haha

Para as amigas que não tem muito tempo e não conseguem fazer o processo separado como eu, sugiro que mude a temperatura pelo menos para a água morna, dessa forma pelo menos o dano será menor.

Beijos e até a próxima!


14 de julho de 2016

RESENHA: SABONETE EFFACLAR / CONTROLANDO A PELE OLEOSA

  e arquivado em    

Hoje tem dica de cuidados com a pele :D

Imagem: Internet


Vou resenhar sobre esse sabonete P-E-R-F-E-I-T-O que mudou a minha vida.

Já postei aqui no blog sobre os cuidados básicos com apele - se ainda não viu, acesse: http://saltoglossebatom.blogspot.com.br/2016/04/cuidados-basicos-com-pele.html

Nele eu expliquei que tenho a pele muito oleosa, e com isso os cuidados precisam fazer parte do meu dia-a-dia, somente assim consigo controlar o acne, pele brilhosa (gordurosa), espinhas, poros abertos... E por aí vai!

Se você assim como eu sofre com a oleosidade da pele, esse sabonete precisa estar na sua lista de produtos.

SABONETE EFFACLAR PELE OLEOSA E SENSÍVEL


COMPOSIÇÃO: SODIUM PALMATE / SODIUM STEARATE / SODIUM PALM KERNELATE AQUA / GLYCERIN  /CI 77891 / TITANIUM DIOXIDE / EDTA / ETIDRONIC ACID / SALICYLIC ACID / SODIUM CHLORIDE / SODIUM HYDROXIDE / ZINC PCA

BENEFÍCIOS:

Fórmula hipoalergênica enriquecida com Pidolato de Zinco, Ácido Salicílico, PCA de Zinco e Água Termal de La Roche-Posay. .
Purifica, elimina a oleosidade e reduz o brilho da pele oleosa e sensível, que se mantém limpa e fresca a cada dia sem ser agredida.
Sem perfumes. Sem parabenos. Hipoalergênico.Testado sob controle dermatológico.


MINHA EXPERIÊNCIA: 

O cheiro do sabonete não é como os dos sabonetes convencionais, até vem descrito na caixa "sem perfume" mas tem um leve cheiro de algo parecido com o de sabonetes vegetais.

Todos os dermatologistas recomendam que mesmo que você tenha a pele muito oleosa, não deve lavar o rosto mais que 3 vezes ao dia devido ao efeito rebote - ao lavar a pele toda hora, você estará retirando a lubrificação natural e seu organismo vai produzir mais sebo para compensar.

Então, seguindo essa indicação dos médicos, eu lavo meu rosto apenas duas vezes ao dia sempre utilizando o sabonete Effaclar. Uma vez pela manhã quando levanto e outra à noite antes de dormir.

Uso também sempre antes de me maquiar, lavo bem o rosto com ele e dessa forma com a pele bem limpa e livre da oleosidade minha make dura muito mais tempo.

Esse produto me ajudou muito! De verdade, por mais que hoje eu use outros produtos específicos para pele oleosa, só de utilizar ele regularmente já obtive um resultado de diminuição da oleosidade da minha pele em uns 60%.
O custo benefício é excelente, e a barrinha do sabonete dura muito tempo. Não cheguei a contar quantas aplicações mas já estou usando a uns 2 meses e ainda tem o bastante para mais de um mês.

É muito fácil de encontra-lo, você pode comprar no próprio site da La Roche, ou nas farmácias. O custo varia entre R$ 32,00 a R$ 35,00.



E essa foi a resenha de hoje, espero que tenha ajudado!


Abraços e até a próxima!




Curta nossa fanpage!